Campanha Permanente de Prevenção ao Suicídio

Construir a esperança e combater a desesperança

 

                               A PsicoSoul é um espaço voltado para o tratamento de sofrimentos psicológicos com base na Terapia Cognitivo Comportamental. Tanto na rotina da PsicoSoul com pacientes, familiares e parceiros, como na sociedade entre amigos, parceiros e noticiário, ouvimos muitos relatos de suicídios e percebe-se um aumento desses casos. Falar de suicídio é para muitos um TABÚ, mas todos os profissionais de saúde e a mídia (ética) tem buscado fornecer ferramentas a fim de combater esse aumento de casos de suicídio. A psicologia é uma das principais ciências que visa o combate do suicídio, tanto no tratamento da depressão, como também de outros transtornos que levam a pessoa a tirar a própria vida. É importante saber que o suicídio não acontece apenas na depressão, mas também em outras doenças, como na Bipolaridade, Esquizofrenia, Abuso de substâncias psicoativas, Transtornos de Personalidade etc.

                               Segundo dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, apresentados no lançamento da campanha Acolha a Vida, para a OMS (Organização Mundial da Saúde) “de 5,0 a 9,9 mortes por 100 mil habitantes no Brasil tiveram o suicídio como causa no ano passado. “Estima-se que, anualmente, a cada adulto que se suicida, pelo menos outros 20 possuem algum tipo de ideação ou atentam contra a própria vida. O suicídio representa 1,4% das mortes em todo o mundo. Entre os jovens de 15 a 29 anos, é a segunda principal causa de morte”, afirmou a Organização sobre os dados referentes a 2017”.

 

O que fazer quando tenho Ideação suicida ou conheço alguém que tem?

 

                               Questionar e abrir um espaço de escuta e acolhimento a pessoas que apresentam qualquer possibilidade de pensamento de suicídio, não vai aumentar o grau de probabilidade que isso aconteça, ao contrário, demonstra um sincero desejo de ajudar quem está passando por isso e aumenta as chances de conseguir encontrar uma estratégia para ajudar quem recorre ao suicídio. É se colocar ao lado de quem passa por esse sofrimento e orientar quanto a importância de procurar um profissional especializado para ajudá-lo a enfrentar a Desesperança.

                               Observar mudanças bruscas nos ambientes pode ajudar a compreensão a ideação suicida, como por exemplo, decisão súbita em fazer um testamento, declarações verbais sobre suicídio, comportamentos furtivos, ou seja, encobertos ou disfarçados/dissimulados; e até mesmo verbalizações de frases, tais como: “não aguento mais viver”,  “sou um peso para todos”, “vou terminar com esse sofrimento”, “desperdicei a minha vida” etc. Sempre no sentido de que a pessoa não vê mais alguma alternativa.

                               Também é possível buscar serviços gratuitos, como os CAPS – Centro de Atenção Psicossocial, mais próximo ou entrar em contato com o CVV – Centro de Valorização da Vida, no qual realiza apoio e prevenção do suicídio, atendendo voluntaria e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, e-mail e chat 24 horas todos os dias (disque 188 – site: www.cvv.org.br).

 

Como é realizado o tratamento para quem tem ideação de suicídio ou já tentou se suicidar?

 

                               A psicoterapia com base na Terapia Cognitivo Comportamental visa a melhora dos processos de pensamentos irracionais ou inadequados e busca a melhora do quadro de saúde, consequentemente, melhora do pensamento de desesperança, o que diminui ou retira a ideação suicida. A relação de confiança e saudável  entre um psicoterapeuta e um paciente, pode ser um dos primeiros fatores de proteção que se desenvolve com paciente com risco de suicídio.  A contribuição do Terapeuta Cognitivo Comportamental na ressignificação de pensamentos distorcidos, “tudo ou nada” e negativistas, ajuda fortemente os pacientes a construírem uma visão esperançosa frente ao futuro, melhorando assim, o quadro de ideação suicida.

                               A PsicoSoul , consultório de psicologia clínica em Guarulhos, é composta por profissionais psicólogos clínicos capacitados em Terapia Cognitivo Comportamental que compreendem a dinâmica da depressão e/ou dos processos de ideação suicida. Criamos plantões para ACOLHIMENTO, ORIENTAÇÃO e ESCUTA - TOTALMENTE GRATUITO.

Plantões gratuitos

SEGUNDA - 9:30 às 11:30 horas

TERÇA - 16:30 às 18:30horas

QUARTA - 17 às 19 horas

SEXTA - 10 às 12 horas

 

Regras dos plantões:

* o plantão é voltado exclusivamente para esses dias e horários

* não equivale a uma sessão de psicoterapia

* não precisa agendar

* menores de 18 anos apenas acompanhados

Endereço: Avenida Mariana Ubaldina do Espírito Santo, 623, sala 33, 3 andar, Bom Clima. Guarulhos - SP. Em frente o Hospital Bom Clima.

Contato: (11) 2508-5918 | 96139-3176 WhatsApp.


Escrito em 23/05/19 por

Vitor Misael Silva

Psicólogo clínico

 

 

BIBLIOGRAFIA

Wright, J.H., D.M. Sudak, D. Turkington, M. E. Thase. Terapia cognitivo-comportamental de alto rendimento para sessões breve: guia ilustrado.  Porto Alegre: Artmed, 2012.

 

Beck, A.T. Terapia cognitive da depressão. Aaron T. Beck, A. John Rush, Brian F. Show e Gary Emery; Trad. Sandra Costa. – Porto Alegre: Artmed, 1997.

 

https://www.mdh.gov.br/todas-as-noticias/2019/abril/ministerio-convida-profissionais-da-saude-e-da-educacao-a-serem-parceiros-da-campanha-acolha-a-vida. Acessado em: 20/05/2019 as 15horas.